Mau tempo provoca inundações no sotavento do Algarve

Até ao momento não foram registadas situações graves. A chuva forte inundou ainda algumas zonas em Loulé, Monchique, Portimão e Tavira.

A chuva intensa que se fez sentir durante a manhã desta sexta-feira no sotavento do Algarve provocou inundações na via pública, em caves e garagens, em especial nos concelhos de Faro, Olhão e Tavira, disse fonte da Proteção Civil.

De acordo com o Centro Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, apesar de terem sido registadas 39 ocorrências, a maioria relacionada com inundações, "não existiram situações graves".

"Temos registo de pequenas inundações na via pública, em caves e garagens em diversos concelhos, devido à chuva forte que coincidiu com a preia-mar", disse à Lusa a mesma fonte.

A fonte precisou que, desde as 10:38, foram registadas 39 ocorrências no distrito de Faro, 22 das quais no município de Faro, o que motivou a que fosse acionado um grupo de reforço da proteção civil que inclui várias corporações de bombeiros do Algarve.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) lançou hoje um aviso laranja para o distrito de Faro face à previsão de períodos de chuva ou aguaceiros, por vezes fortes e acompanhados de trovoada, entre as 10:20 e as 12:00.

A partir das 12:00 e até às 18:00, o aviso baixa para amarelo, ainda com previsão de precipitação por vezes forte.

Foi também emitido um aviso amarelo face à agitação marítima na costa ocidental do Algarve, com ondas de noroeste com 4 a 4,5 metros, válido entre as 21:00 de hoje as 21:00 de sábado.

Até ao momento, não se regista, no entanto, qualquer situação grave no que diz respeito a feridos ou desalojados. Também não foi necessário proceder ao corte de estradas.

De acordo com a TVI, a situação mais preocupante terá sido registada no Fórum Algarve devido ao colapso do telhado de um café devido à chuva.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG