Mais de 127 mil professores vão ser vacinados no espaço de um mês

Vacinação arranca este fim de semana e estende-se até 19 de abril. Data de término foi divulgada pelo secretário de Estado adjunto do Primeiro Ministro, Tiago Antunes.

O processo de vacinação de pessoal docente e não docente "vai estender-se até 19 de abril". Esta foi a garantia dada por Tiago Antunes, em entrevista à TVI. Professores e funcionários de creches, pré-escolar e 1.º ciclo serão os primeiros a ser vacinados, num processo "faseado à medida em que as vacinas vão chegando". A medida vai abranger um universo de 127.158 mil professores, ao qual se junta o pessoal não docente.

A Task force responsável pelo processo de vacinação em Portugal já fez saber que pretende vacinar quase 80 mil professores e funcionários já no próximo fim-de-semana. A operacionalização está a seguir alguns critérios já definidos. Nos concelhos com menor número de profissionais de educação (menos de 250), serão os centros de saúde a vacinar.

A vacinação será levada a cabo nos próprios agrupamentos escolares, desde que o universo de pessoas se encontre entre os 250 e 500. Para os restantes concelhos, com mais de 500 professores e auxiliares, estes irão deslocar-se a centros de vacinação já em existentes e em funcionamento.

No que se refere à testagem, arranca hoje e irá prolongar-se ao longo do restante ano letivo. Em declarações à comunicação social, esta manhã, o ministro da Educação adiantou já terem sido feitos 65 mil testes desde o passado dia 20 de janeiro, considerando esta segunda fase de testagem "mais exigente".

"Agora fazemos um primeiro varrimento a todos os que entram pela primeira vez na escola e depois, quando os alunos do ensino secundário entrarem, também a esses alunos. Depois haverá novas testagens com a periodicidade que a DGS entender, porque eles são autoridade de saúde e nos municípios que têm níveis de incidência maior do que 120 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, ao contrário do grau de exigência na primeira fase que era de 960", explicou Tiago Brandão Rodrigues.

Recorde-se que as creches, o pré-escolar e o 1º ciclo retomaram hoje as aulas presenciais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG