Lisboa mantém estacionamento gratuito até final de março

Medida tinha sido aprovada em fevereiro e não sofre alterações apesar do início do plano de desconfinamento.

A EMEL vai continuar sem cobrar estacionamento, em Lisboa, até ao final de março. Isto apesar do início do desconfinamento na passada segunda-feira, com a abertura de creches e vendas ao postigo,

A suspensão temporária do pagamento de estacionamento na via pública tarifado tinha sido aprovada em Assembleia Municipal de Lisboa no dia 2 de fevereiro, tendo a autarquia lisboeta garantido, pela voz de Miguel Gaspar, vereador da Mobilidade, que a medida se manteria "enquanto as condições de confinamento se mantiverem".

No entanto e já com o plano de desconfinamento em marcha, a Câmara liderada por Fernando Medina decidiu que "os residentes com dístico válido podem estacionar gratuitamente em qualquer parque da EMEL".

Em comunicado, a empresa municipal informou esta quarta-feira que "os dísticos de residente ou de comerciante, ativos até 15 de janeiro e que iriam caducar durante o período de suspensão, poderão ser renovados com validade prolongada até 31 de março".

Isto sem diminuir a qualidade do espaço público e da mobilidade dos peões e fiscalizando o cumprimento do código da estrada, segundo o comunicado.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG