Linha do Oeste encerrada devido a fogo florestal em Torres Vedras

O vento muito forte foi o maior problema no combate às chamas

O troço entre Ramalhal e Torres Vedras da linha ferroviária do Oeste foi hoje à tarde encerrado devido ao incêndio florestal que deflagrou em Torres Vedras, disse à Lusa fonte da CP -- Comboios de Portugal.

A mesma fonte referiu que ainda não há previsão de reabertura.

Segundo o comandante dos Bombeiros de Torres Vedras, Fernando Barão, "a linha foi fechada porque o fogo era mesmo lá ao pé", mas "não houve danos".

"É apenas uma questão de segurança até estar totalmente terminado", referiu, cerca das 19:00.

O alerta para o fogo foi dado às 15:45 e levou à mobilização de cerca de "160 bombeiros que combateram em três frentes", de acordo com o comandante.

Até às 19:00, segundo o 'site' da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), foram mobilizados para o local 151 operacionais, 41 viaturas e cinco meios aéreos.

O responsável informou ainda que "o vento muito forte foi o maior problema" no combate às chamas, mas indicou que o incêndio "está praticamente extinto", causando danos apenas em floresta.

Esta tarde, outro incêndio levou à intervenção de um elevado número de meios, na Azambuja, na freguesia de Manique do Intendente, também no distrito de Lisboa.

Às 15:00, a ANPC dava conta da mobilização de 84 operacionais, 23 veículos e dois meios aéreos.

No entanto, pelas 19:00, o comandante dos Bombeiros da Azambuja, Pedro Cardoso, comunicou que o incêndio se encontrava extinto e apenas tinha causado "danos no mato".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG