Inundações em habitações nas Sete Cidades, Açores, sem registo de vítimas

A Proteção Civil açoriana pede às populações que evitem a circulação automóvel entre as freguesias dos Mosteiros e Sete Cidades, onde estão "a decorrer trabalhos de limpeza das vias".

A chuva forte desta segunda-feira na ilha de São Miguel, nos Açores, originou inundações em habitações na freguesia das Sete Cidades, concelho de Ponta Delgada, e a Proteção Civil pede às populações que evitem a circulação automóvel.

Fonte da Proteção Civil dos Açores disse à agência Lusa que, "em consequência da precipitação forte" há o registo "de casas inundadas", embora sem contabilizar quantas, na freguesia das Sete Cidades, "apenas com danos materiais".

A Proteção Civil açoriana pede às populações que evitem a circulação automóvel entre as freguesias dos Mosteiros e Sete Cidades, onde estão "a decorrer trabalhos de limpeza das vias".

A chuva forte na ilha de São Miguel arrastou quatro viaturas, na zona da Praia, nos Mosteiros, havendo apenas "o registo de danos materiais".

De acordo com a Proteção Civil dos Açores, "a chuva intensa terá provocado o transbordo de uma ribeira que, por consequência, terá originado também algumas inundações" na freguesia dos Mosteiros, concelho de Ponta Delgada.

O grupo oriental dos Açores, composto pelas ilhas de São Miguel e Santa Maria, está sob aviso amarelo até às 15:00 de hoje, devido às previsões de chuva por vezes forte, assim como o grupo central (Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial), segundo um aviso meteorológico emitido pelo Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA).

O aviso amarelo é o terceiro mais grave da escala.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG