Instrutor de artes marciais detido por abuso sexual de crianças nas Caldas da Rainha

A PJ apreendeu material pornográfico infantil em casa do suspeito

Um homem de 63 anos, instrutor de artes marciais, foi detido nas Caldas da Rainha por suspeita de abusar sexualmente de crianças em instalações desportivas, divulgou hoje a Polícia Judiciária.

"A investigação permitiu recolher fortes indícios do crime de abuso sexual de crianças", segundo o coordenador da PJ de Leiria, António Sintra, sublinhando que os abusos seriam praticados "no interior de instalações desportivas" nas Caldas da Rainha.

O homem é instrutor de artes marciais há décadas e promotor de uma escola de taekwondo e defesa pessoal.

Segundo a PJ, "a prática delituosa desenvolveu-se, pelo menos, durante o ciclo temporal correspondente ao último ano letivo", envolvendo uma criança com idade inferior a 10 anos.

Em comunicado, a PJ informou ainda que foi efetuada uma busca domiciliária à casa do detido, na qual foram "detetados e apreendidos suportes digitais alojando ficheiros com origem na internet que contêm imagens pornográficas de crianças".

O detido vai ser presente às autoridades judiciárias competentes para aplicação de medidas de coação.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG