Incêndio em prédio de Amarante obrigou à retirada dos residentes

Chamas consumiram duas lojas no edifício. Não há vítimas a registar

Um incêndio em duas lojas comerciais de um prédio urbano, em S. Gonçalo, Amarante, obrigou hoje à retirada dos moradores, mas não causou vítimas, disse à Lusa fonte dos bombeiros.

O alerta foi dado para a corporação de Amarante pelas 05:00.

O prédio, localizado junto ao antigo hospital de Amarante, alberga várias lojas de comércio e uma clínica médica.

De acordo com o comandante dos Bombeiros de Amarante, Rui Ribeiro, as chamas consumiram duas lojas comerciais e o fumo provocou danos em algumas habitações.

"O rebentamento de uma conduta de água do prédio provocou também danos no edifício e na clínica, que se encontra sem funcionar", acrescentou Rui Ribeiro.

No local estiveram 11 bombeiros locais, com cinco viaturas, e a GNR.

O comandante dos Bombeiros de Amarante disse desconhecer as causas do incêndio, estando o caso entregue à Polícia Judiciária.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG