Hospital de Braga abre inquérito a morte de jovem após alta

Em causa está uma jovem que foi ao hospital com febres altas e que foi mandada para casa, com indicação de que tomasse paracetamol.

O Hospital de Braga abriu um processo de inquérito para "apuramento de todos os factos" relacionados com a morte de uma jovem de 18 anos com covid-19, poucos dias após ter recebido alta.

Em comunicado enviado à Lusa, o hospital acrescenta que aguardará a conclusão do inquérito para se pronunciar.

Endereça, ainda, "sentidas condolências à família, por esta irreparável perda".

Em causa está uma jovem que foi ao hospital com febres altas e que foi mandada para casa, com indicação de que tomasse paracetamol.

A jovem morreu na madrugada de terça-feira, três dias depois a ida ao hospital.

A covid-19 provocou pelo menos 5.320.431 mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.698 pessoas e foram contabilizados 1.205.993 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como "preocupante" pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em pelo menos 77 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG