Homem detido nos Açores por "fortes de indícios" de pornografia com menores

PJ encontrou "centenas de imagens, retratando crianças e adolescentes do género feminino, em poses e atividades pornográficas"

A Polícia Judiciária (PJ) revelou hoje ter detido um homem de 30 anos, em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, nos Açores, por "fortes indícios da prática de crimes de pornografia de menores agravado".

Em comunicado de imprensa, a PJ adianta que a detenção decorreu através do Departamento de Investigação Criminal dos Açores, em articulação com a Unidade Nacional de Combate ao Cibercrime e à Criminalidade Tecnológica.

"A detenção ocorreu no concelho de Ponta Delgada, ilha de São Miguel, na sequência de pesquisa a equipamentos informáticos do arguido, onde foram encontradas centenas de imagens, retratando crianças e adolescentes do género feminino, em poses e atividades pornográficas", é referido na nota de imprensa.

Segundo a PJ, para obter as imagens pornográficas, o arguido utilizava "diferentes aplicações informáticas, através das quais aliciava as vítimas a enviarem fotografias e vídeos íntimos, com cariz sexual".

"Na posse das imagens comprometedoras, o arguido alterava a sua atitude para com as vítimas, passando a exigir a remessa de mais ficheiros, com crescente grafismo pornográfico", lê-se no comunicado.

A PJ indica ainda que o homem já foi presente às Autoridades Judiciárias, tendo sido aplicadas as medidas de coação de "proibição de acesso à Internet" e "proibição de adquirir ou ter na sua posse meios informáticos que permitam" o acesso à Internet.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG