Harry e Megan passam da ala real para junto das estrelas de Hollywood

O célebre museu de figuras de cera Madame Tussauds, em Londres, reabre esta segunda-feira. Os duques de Sussex já não estão junto da família real.

O museu de figuras de cera Madame Tussauds, em Londres, já anunciou o destino das representações do príncipe Harry e de Meghan Markle, que tinham sido retirados da ala real do Museu após terem renunciado a funções oficiais. O Madame Tussauds, que tem estado encerrado devido à epidemia de covid-19, vai reabrir na próxima segunda-feira com o casal colocado num local mais consentâneo com a sua condição atual - junto às estrelas de Hollywood.

Segundo avança a CNN, o duque e a duquesa de Sussex vão agora surgir junto a nomes como Priyanka Chopra Jonas, Victoria e David Beckham e George Clooney, Brad Pitt ou Nicole Kidman.

De acordo com um comunicado do museu, a mudança reflete a "decisão do casal de trocar Frogmore [a casa dos duques em Windsor] por Hollywood". Antes, as duas figuras de cera estavam ao lado da rainha e do falecido príncipe Philip, o Príncipe de Gales e a Duquesa da Cornualha e o Duque e a Duquesa de Cambridge. Segundo o museu a decisão de mover a dupla traduz o seu "novo papel". A figura de cera de Megan juntou-se à de Harry em 2019, por altura do casamento dos duques de Sussex.

Na reabertura, o Madame Tussauds vai ter outra novidade - uma representação de Kamala Harris, que será a primeira vice-presidente dos Estados Unidos com uma figura de cera no museu

Mais Notícias

Outras Notícias GMG