Greve parcial de terça-feira na CP pode perturbar circulação

A paralisação começa à meia noite e prolonga-se até 2 de junho. Cada trabalhador fará diariamente duas horas de greve no início do período normal de trabalho e outras duas no final do período normal de trabalho. Ferroviários lutam por aumentos salariais e melhores carreiras.

Os ferroviários da CP - Comboios de Portugal iniciam às 0:00 de terça-feira uma greve parcial por aumentos salariais e melhores carreiras que poderá causar alguma perturbação na circulação de comboios, admitiu a empresa.

A greve, que termina às 24:00 de 2 de junho, é convocada pelo Sindicato Independente Nacional dos Ferroviários para exigir a valorização dos salários e das carreiras e protestar contra escalas de serviço com mais de nove horas.

Este sindicato é o antigo sindicato dos ferroviários braçais e representa sobretudo manobradores.

Greve de 24 horas marcada para quinta-feira

Cada trabalhador fará diariamente duas horas de greve no início do período normal de trabalho e outras duas no final do período normal de trabalho.

Fonte oficial da CP disse à agência Lusa que "poderão ocorrer algumas perturbações na circulação" a partir de terça-feira, devido à paralisação.

Para quinta-feira está marcada outra greve na CP, mas de 24 horas, convocada pelo Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário (SNTSF), da CGTP.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG