GNR resgata 25 cães vítimas de maus-tratos em Seia

A GNR anunciou ter resgatado 25 cães e constituiu arguido um homem, de 58 anos, pelo crime de maus-tratos a animais de companhia, no concelho de Seia, no distrito da Guarda.

O Comando Territorial da GNR da Guarda refere em comunicado que os animais foram resgatados durante uma ação realizada na terça-feira através do Núcleo de Investigação de Crimes e Contraordenações Ambientais (NICCOA) e do Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) de Gouveia.

"No âmbito de uma investigação por maus-tratos a animais de companhia, os militares deram cumprimento a um mandado de busca domiciliária onde se depararam com um cenário de sobrepopulação de cães, sem condições de higiene, onde era visível a falta de trato dos animais", lê-se na nota.

A fonte acrescenta que no seguimento das diligências policiais, "foram resgatados 25 cães, todos sem identificação eletrónica, sem registo e sem vacinação antirrábica".

Os animais, que o proprietário acolhia no interior da sua habitação, foram entregues ao Veterinário Municipal de Seia, que colaborou na ação, segundo a GNR.

O homem foi constituído arguido e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Seia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG