França abre vacinação a toda a população a partir de 12 de maio

A idade de acesso prioritário à vacina anti covid-19 passa agora a 50 anos. Para as pessoas com menos de 50 anos ficam as marcações que sobrarem, de forma a utilizar todas as doses já disponíveis.

O Presidente francês, Emmanuel Macron, anunciou esta quinta-feira que a vacinação contra a covid-19 em França vai ser aberta a todas as pessoas que se queiram vacinar a partir de 12 de maio, sempre que haja doses disponíveis.

"A partir de 12 de maio, podem consultar na véspera as marcações para ver se há doses disponíveis. Caso haja marcações disponíveis perto das vossas casas, elas vão ser abertas a todos, sem limite de idade", disse esta quinta-feira Emmanuel Macron aos jornalistas durante uma visita a um novo centro de vacinação em Paris.

A idade de acesso prioritário à vacina anti covid-19 passa agora a 50 anos. Para as pessoas com menos de 50 anos ficam as marcações que sobrarem, de forma a utilizar todas as doses já disponíveis.

O Presidente francês mostrou-se ainda favorável à abertura das patentes sobre as vacinas contra a covid-19.

"Devemos fazer da vacina um bem público mundial", disse o chefe de Estado para que, a curto termo, a prioridade é "doar doses" e "produzir mais doses" em parceria com os países mais pobres.

As autoridades francesas divulgaram esta quinta-feira que a vacinação está também aberta a jovens de 16 e 17 anos com doenças graves e que a vacina que lhes será administrada será a da farmacêutica Pfizer.

Até agora, já foram vacinadas em França quase 17 milhões de pessoas com a primeira dose, o que corresponde a mais de um quarto da população.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG