Eslovénia vai criar licenciatura em Língua e Literatura Portuguesas em 2022

A Eslovénia deixa de ser o único Estado Membro da União Europeia sem um grau universitário em Língua e Cultura Portuguesas.

O Camões - Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. anunciou a criação de uma licenciatura em Língua e Literatura Portuguesas na Faculdade Letras e Filosofia da Universidade de Liubliana, capital da Eslovénia. O lançamento da licenciatura está previsto para outubro de 2022, no início do ano letivo 2022/2023 e o concurso para a inscrição de futuros estudantes vai ser aberto em fevereiro de 2022.

A faculdade já tinha licenciaturas em francês, italiano e espanhol, e a criação desta vem colmatar uma lacuna no âmbito dos Estudos Românicos daquela instituição. Assim, a Eslovénia deixa de ser o único Estado Membro da União Europeia sem um grau universitário em Língua e Cultura Portuguesas.

O instituto português considera que esta licenciatura reflete tanto "o reconhecimento da importância do português enquanto língua global, falado por 270 milhões de pessoas em todo o mundo e nos mais diferentes domínicos, da literatura ao mundo digital, dos negócios à ciência."

Esta licenciatura vem dar resposta à crescente procura e interesse dos alunos eslovenos pelo estudo da língua portuguesa. A projeção do português na Eslovénia é visível tanto a nível académico, como a nível social, com obras e poetas lusófonos traduzidos para esloveno, festivais e eventos literários cujo tema é Portugal, além da dinamização das comunidades lusófonas residentes no país.

A relação entre Portugal e a Eslovénia foi reforçada com a assinatura, em 2019, de um Protocolo de Cooperação com a Faculdade de Letras da Universidade de Liubliana. Este é um acordo resultante da relação entre o Leitorado de Português e o Camões - Instituto de Cooperação e da Língua.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG