Dois mortos por intoxicação com monóxido de carbono

As vítimas seriam pai e filha. Há mais dois feridos

Um adulto e uma adolescente morreram hoje, em Almeida, e mais duas pessoas receberam tratamento hospitalar na sequência de uma presumível intoxicação com monóxido de carbono, informou o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

A eventual intoxicação destas pessoas por monóxido de carbono de uma lareira ou braseira, numa casa de Malpartida, naquele concelho do distrito da Guarda, "ainda está a ser investigada" pelas autoridades, adiantou a fonte à agência Lusa.

Às 11:00, segundo a mesma fonte do CDOS, estavam no local elementos da GNR e da Polícia Judiciária, sendo esperada autorização para remover os corpos.

As vítimas mortais foram um homem de 42 anos e uma rapariga de 14, alegadamente pai e filha. A investigação está a cargo da Polícia Judiciária.

O alerta foi dado cerca das 06:15, via 112, tendo os feridos sido transportados para o Hospital da Guarda.

Estiveram também no local os Bombeiros de Almeida e a Cruz Vermelha de Vilar Formoso, num total de oito operacionais, com quatro ambulâncias, além de uma equipa em viatura médica de emergência e reanimação (VMER) do Hospital da Guarda.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG