Caso de gripe das aves detetado no Algarve

Direção Geral de Alimentação e Veterinária aumentou o nível de alerta para a doença

Um caso de gripe aviária foi esta terça-feira confirmado no Algarve, comunicou a Direção Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV) que aumentou o nível de alerta e anunciou o reforço de medidas de proteção e vigilância na região.

Em comunicado, a DGAV escreve que se trata de um caso isolado de gripe A do subtipo H5N8, "de alta patogenicidade", que foi detetado numa garça-real.

Entre as medidas de prevenção agora em vigor conta-se a proibição do comércio de aves em mercados rurais, as largadas de pombos ou de espécies criadas em cativeiro para caça, bem como a caça com chamarizes vivos.

Os donos de animais de capoeira são ainda avisados "para não realizarem movimentações destes animais".

Ainda que seja facilmente transmissível entre aves, não existe qualquer registo de transmissão do H5N8 para seres humanos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG