Morreu homem baleado em Aguiar da Beira. Mulher está em estado grave

Há elevado grau de probabilidade de as duas situações registadas esta manhã em Aguiar da Beira estarem interligadas, reconhece GNR

Um casal foi esta segunda-feira baleado e encontrado em paragem cardiorrespiratória em Aguiar da Beira, na Quinta dos Cepos, próximo da zona onde um militar da GNR foi morto e outro ferido com gravidade. O homem, com cerca de 40 anos, acabou por morrer no local, disse à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda.

A confirmação da existência de uma vítima mortal foi também feita no local pelo major Pedro Gonçalves, Relações Públicas do Comando Territorial da GNR da Guarda. O responsável disse aos jornalistas que quando estavam a decorrer buscas na zona onde hoje ocorreu o incidente, foram encontradas nas proximidades as duas vítimas civis.

Segundo Pedro Gonçalves o casal apresentava ferimentos de bala, "o senhor já não tinha sinais vitais" e a mulher ainda apresentava sinais de vida, encontrando-se em estado grave e a ser transportada para Viseu.

"Haverá elevado grau de probabilidade de as duas situações estarem interligadas", já que o casal estava próximo do local onde a viatura da patrulha da GNR de Aguiar da Beira foi abandonada pelos suspeitos, que continuam em fuga.

No local estiveram os bombeiros voluntários de Aguiar da Beira com duas viaturas, uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Aguiar da Beira e uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Viseu, segundo o CDOS da Guarda.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG