Juntos há 83 anos, Annie e John vão dar conselhos no Twitter

O casal americano com mais anos de casados vai dar conselhos sobre relações na rede social

Conheceram-se ainda durante a Grande Depressão nos Estados Unidos, nos anos 30 do século passado, apaixonaram-se, e ainda estão juntos. Com 104 e 100 anos, respetivamente, John e Ann Betar vão agora enfrentar um novo desafio: partilhar a sabedoria adquirida em 83 anos de casamento no Twitter, no Dia dos Namorados.

Annie tinha 17 anos e estava a acabar o liceu quando fugiu de casa para ficar com John, um refugiado sírio que chegou aos Estados Unidos para fugir à I Guerra Mundial - casaram-se em 1932 e 83 anos depois (14 netos e 16 bisnetos depois também) continuam juntos.

Uma lição que estão dispostos a partilhar é que é preciso "viver cada dia com os meios que temos. Ficar satisfeitos com o o que temos", disse John, citado pelo The Washington Post. "Não gastem mais do que o que têm. Respeitem-se."

Questionado sobre o que faria para conquistar Annie em 2016, John respondeu que provavelmente ia pesquisar sobre ela no Google e depois enviar-lhe uma mensagem ou telefonar-lhe para convidá-la para sair. Aliás, para John, a evolução tecnológica e a crescente dependência dos humanos da tecnologia é a maior revolução a que assistiu no seu tempo de vida - que passou duas guerras mundiais e uma mudança de continente.

Para enviar perguntas aos Betars bastar mandar mensagens para a @Handy, a empresa que está a organizar o evento, com a hashtag #longestlove. A Handy vai fazer uma doação para um instituição de solidariedade social à escolha dos Betars.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG