Exclusivo Artrite psoriática. Tese de doutoramento portuguesa obtém resultados inovadores

Elsa Sousa é médica, investigadora e o rosto da tese de doutoramento distinguida como a melhor de 2020 e com o Prémio de Mérito João Lobo Antunes, logo na sua primeira edição. O tema: artrite psoriática. A equipa: mais de cem profissionais de saúde. E o resultado, ao fim de mais de seis anos, diz tudo: descoberta de melhores práticas terapêuticas para os doentes. Ao DN, Elsa Sousa explica o caminho percorrido.

Artrite psoriática. Sabe o que é? Provavelmente, só cerca de 50 a 55 mil pessoas é que já ouviram falar da doença, tantas quantas se estima que estejam diagnosticadas em Portugal. Ou melhor, se calhar menos, porque é desconhecida a percentagem de subdiagnóstico da doença. A grande questão - ou melhor, alerta - é que se trata de uma doença que quando não é detetada ou tratada precocemente pode tornar-se irreversível, provocando deformação articular e destruição óssea.

A médica, reumatologista e investigadora Elsa Sousa, habituada a ver doentes diariamente na sua consulta que sofrem com a doença e com o impacto que esta provoca nas suas vidas, decidiu avançar com um projeto: uma tese de doutoramento que procurasse respostas que aumentassem o conhecimento científico e melhorassem a qualidade de vida dos doentes.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG