Aguaceiros no dia de eleições. E o mau tempo vai agravar-se a partir do final da tarde

Os aguaceiros deverá mesmo dar lugar a períodos de chuva e de queda de neve acima dos 1200 ou 1400 metros a partir do final da tarde de domingo

Quando for votar, pelo sim pelo não, leve um impermeável e talvez um guarda-chuva. A previsão do Instituto Português do Mar da Atmosfera (IPMA) aponta para um domingo de aguaceiros, passando a períodos de chuva a partir do final da tarde, que nas regiões do Minho e do Douro Litoral poderão ser fortes e persistentes.

Para as terras altas, nomeadamente a partir dos 1200/1400 metros, está prevista queda de neve, com a serra da Estrela a perfilar-se como candidata a receber um manto branco a partir da tarde de domingo.

O vento soprará até 30 km/h de oeste para sudoeste, mas poderá ser por vezes forte (até 40 km/h) no litoral oeste e nas terras altas a partir da tarde.

Ainda assim, vai registar-se uma pequena subida da temperatura mínima no interior Centro e Sul. Para Lisboa o tempo vai variar entre os 11º e os 16º C e o Porto entre os 8º e os 14º C. A temperatura mínima mais baixa deverá registar-se na Guarda (4º C) e a mais alta no Funchal (16º C). Relativamente às máximas, a mais alta está igualmente prevista para o Funchal (21º C) em todo o território e para Faro (17º C) em Portugal continental, enquanto a mais baixa deverá registar-se na Guarda (8º C).

Um dia antes, no sábado, o tempo vai ficar marcado por um "céu em geral muito nublado", com períodos de chuva, em especial nas regiões Norte e Centro.

Também haverá a possibilidade de queda de neve em altitude acima de 1200 a 1400 metros até ao início da manhã e a partir do final da tarde.

Nesse dia, a temperatura em Lisboa vai variar entre os 12º e os 16º C e no Porto entre os 11º e os 15º C. Faro registará a máxima mais alta (18º C) e Guarda a mínima mais baixa (5º C) em Portugal continental.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG