Procuram-se ideias que mudem a vida das pessoas

Programa da Singularity University, instituição fundada nos EUA, procura empreendedores portugueses que atuem nas áreas da organização, educação e ambiente. O vencedor é conhecido dia 26, em Cascais, parceiro da iniciativa

A Singularity University, uma comunidade global de aprendizagem e inovação sediada no NASA Research Park, lançou o seu primeiro programa em Portugal. O "SingularityU Portugal Global Impact Challenge" é uma competição anual que visa potenciar inovações disruptivas, ou seja, inovações que causem impacto em mil milhões de pessoas num espaço de 10 anos para resolver os maiores problemas que ocorrem no mundo.

A iniciativa é feita através de uma parceria entre a Beta-i, Câmara Municipal de Cascais e a Nova School of Business and Economics. O programa destina-se a empreendedores, líderes, cientistas e engenheiros portugueses, que mediante as ideias mais inovadoras para as novas tecnologias causem impacto de forma positiva à população mundial. As propostas prioritárias são as que se centram nas áreas da organização, educação e ambiente.

"O propósito destas iniciativas passa por dar oportunidade a ideias que possam ter um impacto positivo na vida das pessoas, que sejam facilmente escaláveis e que tenham relevância global", defende Ricardo Marvão, Diretor-Geral do SingularityU Portugal GIC, e Chief Education Officer da Beta-i.

Cascais é o local eleito para anunciar o vencedor do programa. Para Miguel Pinto Luz, vice-presidente da Câmara Municipal de Cascais, a cidade "é o local ideal para estes players poderem crescer e alimentar o seu talento, as suas ideias, e, quem sabe, criar novas empresas. Acreditamos no impacto que a inovação e a digitalização pode trazer a uma vila com as características especiais de Cascais, ideal para testar novos conceitos no contexto urbano".

O vencedor anunciado no dia 26 no Centro Cultural de Cascais, terá a possibilidade de potenciar a sua ideia num programa de 10 semanas com a equipa da Singularity University no Su Ventures Incubator Program, situado no NASA Ames Research Center, em Silicon Valley (EUA). A iniciativa já conta com 35 inscrições e as candidaturas estão abertas até ao dia 6 de fevereiro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG