Mulher morre à fome presa dentro de elevador

A mulher terá passado o mês de fevereiro fechada

Um mulher chinesa foi encontrada morta dentro de um elevador do prédio onde vivia, na cidade de Xi'an, no centro noroeste do país. A vítima, com cerca de 40 anos, estava presa desde que o elevador se tinha avariado, no final de janeiro. Uma vez que vivia sozinha e que o Ano Novo chinês é uma altura em que muitos chineses aproveitam para visitar família, ninguém estranhou a sua ausência.

Os trabalhadores da manutenção descobiram o corpo a 1 de março, quando regressaram ao prédio para reparar o elevador, depois da paragem do Ano Novo chinês.

Segundo o Los Angeles Times, a atuação dos donos do prédio e da empresa de manutenção está a ser investigada. Os trabalhadores argumentam que confirmaram que ninguém estava dentro do elevador, quando o deixaram fora de serviço, mas a polícia diz que não chegaram a verificar o interior, tendo apenas gritado a pergunta.

A mulher terá passado o mês de fevereiro fechada e o seu corpo, nomeadamente as mãos, deformadas, mostravam que tentou desesperadamente abrir as portas do elevador para sair. O IBT diz que dois trabalhadores da empresa de manutenção já foram detidos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG