Um sabor de indicação geográfica protegida

Qual é o segredo para um sabor único ter uma indicação geográfica protegida? Este produto não tem muito a esconder, mas tem vindo a oferecer, há mais de 100 anos, o melhor sabor e matéria-prima.

Alguma vez se questionou sobre quais os fatores que têm importância para a criação de um sabor único que tem indicação geográfica protegida - IGP? Os segredos deste produto de excelência não são muitos, mas um deles passa por misturar leite de cabra e de ovelha.

Fabricado há mais de 100 anos e há 11 na Herdade da Maia, o Queijo Mestiço de Tolosa IGP Continente Seleção não precisa de muitos ingredientes para ser uma joia da nossa queijaria nacional. Para acompanhar o leite de cabra e de ovelha, basta acrescentar sal e coalho de origem animal e depois passar para a fase mais secreta: o processo.

Da receção, passagem para a cuba, formação de coalhada, salga, 21 dias de cura e aplicação de coloração, vai resultar um queijo curado de pasta semimole, com uma coloração que varia do amarelo ao alaranjado, e com um sabor de intensidade média, levemente picante e agradável.

Com indicação geográfica protegida do distrito de Portalegre, é pelas terras do Alto Alentejo que vai encontrar as pastagens perfeitas para garantir a matéria-prima de sucesso deste queijo.

O Queijo Mestiço de Tolosa IGP Continente Seleção promete fazer companhia à mesa de todos os portugueses, não deixando dúvidas sobre a sua matéria-prima e sabor impossível de resistir. Para a melhor harmonização, nada melhor que vinhos brancos, nomeadamente da região de Lisboa.

Mais Notícias