"Vivemos um momento de grande confiança e investimento"

O primeiro-ministro diz que o país vive um momento de confiança e capacidade de investimento

"Felizmente, vivemos neste momento, no país, um momento onde há grande disponibilidade para o investimento. No concurso que abrimos em abril para atribuição de fundos comunitários às empresas bateram-se todos os recordes de candidaturas, com um valor superior a 2.000 milhões de euros", afirmou o chefe do Governo.

Discursando em Ribeira de Pena, no distrito de Vila Real, quando inaugurava uma unidade hoteleira de quatro estrelas, António Costa diz "que há projetos, iniciativa e confiança dos investidores".

Nunca, desde 86, tinha havido tanta iniciativa e propostas de investimento

Para o primeiro-ministro, muitos desses projetos de média dimensão, como o hotel que hoje inaugurou, são "fundamentais para estruturar o conjunto do território, não só nos grandes centros urbanos", e representam "oportunidades de criar riqueza e postos de trabalho".

"Se queremos fixar população e inverter esse ciclo de despovoamento, temos de ter infraestruturas, certamente, mas sobretudo investimento que gere emprego, porque só o emprego fixa e atrai população", acrescentou.

Elogiando a unidade hoteleira e os seus empreendedores, Costa disse que se trata de "um excelente exemplo" desta estratégia.

"O que aqui temos é um turismo que aposta na natureza, na sua relação com esta paisagem maravilhosa, com os equipamentos desportivos e que acrescentam a este território uma oferta diferente do sol e praia ou das grandes cidades", afirmou.

Para o primeiro-ministro, "a valorização do território passa pela proteção do ambiente, do património cultural, da gastronomia e dos produtos naturais".

E acrescentou: "O turismo representa hoje mais de 15% do que o país exporta e mais de 8% dos postos de trabalho em todo o país". No entanto, é dever do Governo "alargar as zonas de influência turística, oferecendo produtos diferenciados e que tornam os territórios mais valorizados".

Também para o presidente da Câmara de Ribeira de Pena, Rui Alves, o equipamento hoje inaugurado será importante para dinamizar a economia do concelho, gerando riqueza e emprego.

Só com investimento, defendeu, será possível inverter o ciclo de perda de população de um concelho que, no período de uma geração, perdeu cerca de 50% da população, o que se agravou nos últimos anos com a emigração.

A unidade hoteleira hoje inaugurada, de quatro estrelas, designada "Pena Parque Hotel", tem 96 quartos, criou cerca de 40 postos de trabalho diretos e situa-se junto à saída da autoestrada A7, nos arredores da vila.

O hotel representa um investimento de oito milhões de euros, 3,4 milhões dos quais comparticipados por fundos comunitários.

A autarquia disponibilizou o terreno a preço simbólico e executou os acessos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG