Transplantada depois de quatro meses com coração artificial

Flor, agora com oito meses, recebeu um transplante cardíaco depois de quatro meses ligada a um coração artificial. A cirurgia realizou-se há duas semanas no Hospital de Santa Marta, em Lisboa.

A menina está a recuperar bem. Sandra Conceição e Hélder Rocha não escondem a alegria e o alívio que sentem ao ver a mais nova de quatro filhos nos seus braços. "Estamos a matar as saudades, a fazer tudo o que não tínhamos conseguido", disse a mãe ao DN.

"Quando nos disseram do hospital que queriam falar connosco pensamos que seria um problema. Quando explicaram que ia para o bloco chorei de alegria. Correu tudo bem", revela o pai.

A operação durou cerca de cinco horas. "Não são coisas fáceis, mas é o resultado de um grande trabalho de equipa. Não houve complicações", explicou José Fragata, diretor do serviço de cirurgia cardiotorácica do Hospital de Santa Marta.

Os médicos esperam em breve dar alta à Flor. "Não terá muitos mais dias de internamento. Estamos a verificar a alimentação. Temos de garantir que come bem a sopa, as papas, os biberão. E depois são questões de ordem prática", adiantou Conceição Trigo, do programa de insuficiência cardíaca em crianças.

Leia a reportagem amanhã na edição impressa do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG