Taguspark: Início do julgamento em Janeiro de 2012

O julgamento dos três arguidos do caso Taguspark, entre eles o ex-administrador Rui Pedro Soares, tem início marcado para 11 de Janeiro de 2012.

Rui Pedro Soares, ex-administrador não executivo do pólo tecnológico de Oeiras, Américo Tomatti, à data dos factos presidente da comissão executiva do Taguspark, e João Carlos Silva, antigo administrador do pólo, estão acusados de corrupção passiva para acto ilícito.

Em causa estão contrapartidas que a PT e a Taguspark terão dado, por intermédio do ex-administrador Rui Pedro Soares, a Luís Figo para este apoiar a campanha de José Sócrates a primeiro-ministro nas legislativas de Setembro de 2009. À altura dos factos, Rui Pedro Soares era também administrador da PT, acionista da empresa Taguspark.

O processo Taguspark foi investigado pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa na sequência de uma certidão extraída do processo Face Oculta - também relacionado com crimes económicos e que aguarda marcação de julgamento -, em que foram escutados alguns dos intervenientes no caso. No início de fevereiro, o Tribunal de Instrução Criminal (TIC) de Lisboa confirmou a acusação do Ministério Público e decidiu levar a julgamento os três arguidos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG