Supremo diz que julgamento é no Montijo

O caso Freeport vai ser julgado no tribunal do Montijo por decisão do Supremo Tribunal de Justiça depois de um conflito entre as Varas Criminais de Lisboa e o tribunal do Montijo.

Terminou o "pingue-pongue" entre o tribunal do Montijo e as Varas Criminais de Lisboa sobre quem deve fazer o julgamento do processo Freeport. O primeiro disse que a competência era de Lisboa. As Varas responderam, dizendo que a competência era do Montijo. Ontem, o Supremo Tribunal de Justiça colocou um ponto final no conflito entre aqueles dois tribunais, decidindo que o caso deve ser julgado na comarca do Montijo. Justificando tal decisão com o facto de um último acto imputado aos arguidos - um email - ter tido origem na localidade da margem Sul do Tejo.

Depois de anos em que suspeitas de corrupção, tráfico de influências e branqueamento de capitais pairaram sobre o processo Freeport, o Ministério Público apenas acusou, em Agosto de 2010, os dois antigos sócios da emrpesa Smith&Pedro, Charles Smith e Manuel Pedro, do crime de tentativa de extorsão.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG