Supermercados recebem cocaína em caixas de bananas

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a apreensão de cerca de 175 quilos de cocaína dissimulados em caixas de bananas, em quatro superfícies comerciais, duas na região Centro e outras duas no Alentejo.

Em declarações à agência Lusa, Vítor Ananias, inspetor-chefe da Unidade Central de Combate ao Tráfico de Estupefacientes recusou precisar os locais das apreensões, referindo, no entanto, que a droga estava "dissimulada" no meio das bananas oriundas da Colômbia e com destino a Portugal e que foram transportadas em caixas de cartão, por via marítima.

O primeiro alerta para a presença de droga nas caixas de bananas "foi comunicado para Coimbra", para a Diretoria do Centro da PJ, e levou à "imediata" apreensão de quase 56 quilos de cocaína.

A investigação prosseguiu, em conjunto com a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, tendo a PJ identificado outros três pontos de venda comercial onde foram apreendidos, também em caixas de bananas, 118,7 quilos de cocaína.

De acordo com uma nota da PJ, os indícios recolhidos até ao momento "permitem concluir que os responsáveis pelos locais" onde foi localizada a droga "são totalmente alheios" ao sucedido.

O inspetor-chefe Vítor Ananias disse que situações análogas "são frequentes", recordando um episódio ocorrido em 2010 em Coimbra e outras já ocorridas em Espanha.

Segundo a nota da PJ, as investigações prosseguem no sentido de "identificar e esclarecer todos os contornos" subjacentes às referidas apreensões.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG