Vinte anos de prisão para homicidas de mulher de 85

O Tribunal da Relação de Lisboa confirmou as penas de 20 anos de prisão a dois arguidos condenados pela morte de uma mulher de 85 anos, na Charneca da Caparica, em Almada, informa hoje a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa.

Segundo o 'site' da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa, o acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa, datado do passado dia 27 de maio, confirmou plenamente a decisão da primeira instância.

Os dois arguidos tinham sido condenados pelo homicídio da idosa no interior da casa onde vivia, na Charneca da Caparica, em dezembro de 2012.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG