Utentes da linha ferroviária do Sado convocam protesto

A Comissão de Utentes da Linha do Sado, que faz a ligação ferroviária entre o Barreiro e as Praias do Sado, convocou para quarta-feira um protesto contra a privatização da linha e o aumento do preço dos bilhetes.

"A privatização das linhas suburbanas, a redução das verbas para os transportes públicos e o aumento do preço dos bilhetes impostos pela "troika` é incompatível com o desenvolvimento económico que a região e o país precisam", refere em comunicado. A Comissão de Utentes vai realizar uma acção de protesto na quarta-feira, pelas 18:00, na estação ferroviária do Pinhal Novo, apelando à participação dos utentes. "Poderá fazer sentido o sentimento expresso por grande parte dos utentes de que a não tomada de medidas que levem ao cumprimento dos horários, assim como ao regular funcionamento dos elevadores e dos restantes serviços, poderá significar, desde há muito tempo, estarem a empurrar-nos para a criação de condições que possam levar à privatização da linha", salienta.

O documento refere ainda que a privatização e os aumentos dos preços levam os utentes para uma "situação económica insustentável para muitas pessoas e para uma perigosa baixa da qualidade do serviço ferroviário a prestar aos passageiros".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG