Três veículos novos circularam com a mesma matrícula

Três veículos ligeiros da mesma marca, adquiridos num stand em Mafra, andaram a circular com a mesma matrícula durante três meses no país e o problema só foi resolvido depois de ter sido detectado por um dos proprietários.

"Comprei um carro novo em Julho e quando fui tirar o selo do carro e à segunda deslocação às Finanças fui informado que havia mais dois carros com a mesma matrícula", afirmou à Agência Lusa José Maria Cativo, proprietário de uma das três viaturas.

"Tive o carro três meses sem saber que não estava no meu nome, apesar de ter pago o carro a pronto", sublinhou este cidadão.

Apesar de esta semana o caso ter sido resolvido pelo concessionário, com a entrega de nova documentação e nova viatura com data de Outubro, o cidadão não só teve de agora alterar o seguro como "quase não andar com o carro", desde que detectou o erro.

"Ainda agora parece impossível o que aconteceu", disse.

José Maria Cativo, residente em Peniche, disse ter sido informado pelo concessionário de que "tinha havido um engano no Instituto de Mobilidade e Transportes Terrestres (IMTT)", antiga Direcção Geral de Viação.

Contudo, o IMTT esclareceu em resposta à Lusa que "é completamente impossível a atribuição de uma mesma matrícula " a mais do que um veículo, uma vez que o sistema informático que emite os números de matrícula é "sequencial", mas não fornece as respectivas chapas.

Contactada pela Lusa, fonte do Grupo Fiat Portugal disse que a marca é "alheia ao problema", uma vez que são os próprios concessionários a fabricar e colocar as chapas de matrícula .

A administração do stand de Mafra esteve indisponível para prestar esclarecimentos.

Segundo a Lusa conseguiu apurar junto de fontes policiais, não existem quaisquer investigações em curso sobre este caso encarado como sendo raro.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG