Sete detidos em operação contra criminalidade violenta

Uma operação da GNR contra a criminalidade violenta no distrito de Lisboa resultou na detenção de sete pessoas, na identificação de 45 estrangeiros, na apreensão de duas armas brancas e de haxixe, entre outras.

A operação decorreu em Vila Franca de Xira e Torres Vedras e foi levada a cabo pelo Comando Territorial de Lisboa da GNR, com a colaboração da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), Serviços de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e a Autoridade Tributária e Aduaneira (AT), entre as 22:00 do dia 27 de janeiro e as 06:00 de dia 28.

De acordo com a GNR, a operação visava "identificar e reprimir incumprimentos à Lei das Armas, contribuindo para a prevenção e redução da criminalidade violenta no distrito de Lisboa", através da fiscalização de pessoas, estabelecimentos e veículos em circulação.

Da operação resultou o encerramento de dois estabelecimentos, 45 estrangeiros identificados, um detido por posse ilegal de estupefacientes, seis detidos por excesso de álcool, dois autos de contraordenação por posse ilegal de estupefacientes, duas armas brancas apreendidas e 20 gramas de haxixe apreendido.

Houve ainda 50 autos de contraordenação ao Código da Estrada, 375 veículos fiscalizados, 10 estabelecimentos fiscalizados, oito autos de notícia por infrações fiscais, um auto de apreensão por infrações fiscais, uma notificação para abandono do território nacional e uma notificação para comparência nos serviços do SEF.

Na operação estiveram envolvidos 130 militares da GNR juntamente com 12 inspetores da AT, ASAE e SEF.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG