Manifestação em Faro contra portagens na Via do Infante

Manifestantes contra portagens na Via do Infante juntam-se a partir das 18.00 horas junto ao Teatro Municipal de Faro.

"É pior a emenda do que o soneto" a redução de 15 por cento do preço das portagens nas antigas Scut, diz João Vasconcelos, membro da Comissão de Utentes da A22.

A Comissão de Utentes da A22/Via do Infante leva a efeito, hoje a partir das 18.00 horas, junto ao Teatro Municipal de Faro, mais uma ação de protesto contra as portagens naquela antiga SCUT (Sem custos para o Utilizador). "É pior a emenda do que o soneto a redução de 15 por cento do preço das portagens anunciada pelo Governo", disse ao DN João Vasconcelos, membro da Comissão de Utentes da A22/ Via do Infante, para quem a solução passa pura e simplesmente pela abolição das tarifas. "As portagens já tinham contribuído para uma machadada na economia do Algarve e vão servir para mais desemprego, mais desertificação da Via do Infante e mais confusão do trânsito na Estrada Nacional 125, para onde continuará a fluir", sobretudo depois do fim das isenções na A22, lamentou João Vasconcelos.

Se o número de pessoas que aderir à iniciativa o justificar, a nova ação de protesto, classificada como uma "vigília" no espaço envolvente ao Teatro Municipal de Faro, poder-se-á estender até junto do edifício do Centro Comercial Fórum Algarve, situado no outro lado da zona à entrada daquela cidade.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG