Mais um idoso encontrado morto em casa

Um homem de 67 anos foi hoje encontrado morto numa casa sem sinais de violência no Sítio do Laranjeiro, arredores de Faro, disse à Lusa fonte da GNR de Faro.

O alerta foi dado pelo senhorio que estranhou não ver o homem, que vivia sozinho, há cerca de dois dias, acrescentou a GNR. As autoridades acabaram por forçar a entrada na casa deparando-se com o cadáver caído junto à cama, frisou também à Lusa fonte dos Bombeiros de Faro.

A GNR diz ainda que o homem deveria estar morto "há um ou dois dias" e que as causas da morte deverão ser naturais. O cadáver foi transportado para o Gabinete de medicina Legal.

Também hoje os Bombeiros de São Brás de Alportel receberam uma solicitação da GNR para recolher o cadáver de um idoso desaparecido desde o início do mês. Segundo disse à Lusa fonte da GNR de Faro, o corpo do homem, que sofria de Alzheimer, foi encontrado junto a uma linha de água próxima de São Brás.

Na última semana têm sido descobertas várias situações semelhantes, nomeadamente o de uma idosa que esteve morta em casa, na Rinchoa, em Sintra, durante nove anos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG