Grupo organizado desmantelado pela Judiciária

A PJ deteve mais um elemento de um antigo gangue dedicado a assaltos. O suspeito tem 29 anos, é segurança e perito em artes marciais

A Unidade Nacional Contra Terrorismo da Polícia Judiciária, em articulação com o DIAP de Lisboa,desencadeou uma operação na qual deteve mais um elemento que integrava um grupo organizado. Esse grupo fora desmantelado no ano passado e dedicava-se à prática de roubos, sequestros, furtos qualificados e detenção de armas proibidas, associados à noite de Lisboa. O agora detido, de 29 anos, ligado à segurança da noite, instrutor de artes marciais, vai ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas. Com esta detenção eleva-se a oito o número de suspeitos detidos no âmbito desta investigação. Este grupo, abordava empresários previamente selecionados com base na respetiva capacidade financeira, extorquindo-lhes elevadas quantias em dinheiro e manietando continuamente o exercício das suas atividades, refere a PJ em comunicado. Depois de conhecerem as rotinas das vítimas, apresentavam-se nas suas casas como sendo elementos de forças de segurança agindo em cumprimento de mandados de buscas domiciliárias. Passada a porta das casas das vítimas, agrediam violentamente todos os residentes e apropriavam-se de todo o dinheiro e bens de elevado valor económico disponíveis. Consumados os roubos, mantinham as vítimas sob coação e exploravam o conhecimento de factos que tornavam as vítimas particularmente vulneráveis.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG