Ligações fluviais vão parar na tarde de quinta-feira

Os trabalhadores do Grupo Transtejo, responsável pelas ligações fluviais entre a Margem Sul e Lisboa, vão realizar plenários na tarde de quinta-feira, o que vai originar a paralisação em todas as carreiras.

Na empresa Soflusa, que efetua o percurso entre o Barreiro e Lisboa, as ligações devem parar cerca das 13:25 no sentido Barreiro/Lisboa, e às 13:50 no sentido inverso, sendo retomadas a partir das 16:20.

Quanto à empresa Transtejo, que faz os serviços entre Almada, Seixal, Montijo e Trafaria com a capital, as ligações começam a parar às 13:30, sendo depois retomadas a partir das 16:45.

"Caso se verifique a paralisação das carreiras, os terminais serão encerrados nos períodos em causa, por questões de segurança", refere o Grupo Transtejo em comunicado.

Os trabalhadores das duas empresas do grupo estão contra as medidas que constam no Plano Estratégico de Transportes, bem como as possíveis supressões de carreiras ou ligações no rio Tejo.

Segundo os sindicatos, os trabalhadores devem decidir nos plenários novas formas de luta contra o que consideram ser "um ataque ao serviço público de transportes", que podem passar por greves.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG