Granadas e munição de morteiro encontradas no Sado

Mergulhadores da Polícia Marítima encontraram hoje duas granadas defensivas, uma munição de morteiro, desativada, e uma espingarda de pressão de ar no rio Sado, perto do Clube Naval Setubalense, disse à Lusa o comandante do Porto de Setúbal.

O material de guerra foi localizado a cerca de sete metros de profundidade, na zona compreendida entre a Lota e o Clube Naval Setubalense, na sequência de uma operação de busca da Polícia Marítima, alertada por dois pescadores surpreendidos com o que lhes veio agarrado ao anzol.

"No sábado um pescador que se encontrava junto ao Clube Naval reportou-nos que tinha vindo uma granada presa no anzol e na segunda-feira outro pescador apanhou uma pistola, pelo que, face à natureza dos materiais encontrados, decidimos fazer buscas no local que nos permitiram encontrar mais algum material do mesmo género", disse o comandante Lopes da Costa.

"As operações de busca que permitiram localizar os materiais referidos foram efetuadas hoje de manhã por uma equipa de seis mergulhadores forenses da Polícia Marítima e foram removidos por quatro mergulhadores da Armada", acrescentou o comandante do Porto de Setúbal.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG