Autarquia obrigada a fechar aterro ilegal

Câmara de Lagoa obrigada a retirar detritos da antiga lixeira de Porches

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve exigiu à Câmara de Lagoa que retire imediatamente todos os detritos da antiga lixeira municipal, situada a cerca de dois quilómetros de Porches. A autarquia terá ainda que construir um ecocentro de recolha de resíduos e monitorizar a qualidade da água subterrânea da zona da antiga lixeira.

As recomendações, comunicadas segunda-feira durante uma reunião entre as duas entidades, surgiram após denúncias da associação cívica olhanense “Somos Olhão!” e depois do Serviço de Protecção da Natureza (Sepna) da GNR ter visitado o local.

A CCDR exigiu ainda que seja também a autarquia de Lagos a fazer o licenciamento de um espaço próprio para um ecocentro, onde possam ser recebidos resíduos volumosos, de jardinagem e outros recolhidos pelo município ou entregues, até determinado peso, pelos particulares e empresas.
 
 

Mais Notícias