Sucateiro assassinado para lhe roubarem dez mil euros

Luís Duarte, de 75 anos, foi encontrado morto pelo filho e por funcionários da sucateira situada na zona Industrial do Parchal (Lagoa), quando ali chegaram ao local na manhã desta segunda-feira.

O suspeito é um antigo trabalhador, que fugiu com dez mil euros e o carro da vítima. A Polícia Judiciária (PJ) está a investigar o caso.

O proprietário da sucateira terá sido assassinado pouco antes das 08.00 horas, com um tiro na cabeça, nas instalações da empresa, tendo sido roubado 10 000 euros que se encontravam no cofre do escritório e o automóvel da vítima, segundo soube apurou o DN. De acordo com informações recolhidas, o suspeito será um ex-trabalhador da sucateira, que está a ser procurado pela PJ.

Luís Duarte, de 75 anos, que habitualmente entrava na sucateira às 08.30 horas, recebeu um telefonema para um negócio pelas 7.30 horas, altura em que se descolou às instalações da empresa. Foi nessa altura que acabou por ser assassinado, tendo o corpo sido encontrado por um filho e funcionários da sucateira quando ali chegaram para iniciar o dia de trabalho.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG