Site da Procuradoria de Lisboa ainda inacessível

A página na Internet da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL), que terá sido alvo de um ataque informático na sexta-feira por parte do grupo 'Anonymous Portugal, permanece hoje inacessível.

De acordo com a edição de hoje do Diário de Notícias, dados pessoais de mais de dois mil procuradores do Ministério Público terão ficado acessíveis 'online', entre as quais números de telemóvel ou telefone fixo, e senhas de acesso à área reservada aos magistrados na página da PGDL.

O ataque, com o nome de código 'Apagão Nacional', terá também atingido empresas, partidos e a Polícia Judiciária.

A agência Lusa tentou obter esclarecimentos da Procuradoria-Geral da República sobre o ataque, mas ainda não foi possível obter esclarecimentos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG