Seguro quer "caso" Bairrão "completamente esclarecido"

O candidato a secretário-geral do PS alertou hoje para a necessidade de ser "completamente esclarecido" o "caso" relativo a um eventual pedido pelo Governo de informações aos serviços secretos sobre o ex-administrador da TVI.

"Convinha que, para a boa qualidade da nossa democracia, casos como esses fossem casos completamente esclarecidos para não deixar qualquer tipo de dúvida", afirmou António José Seguros, depois de um encontro em Ponta Delgada com o presidente do Governo Regional dos Açores.

Segundo acrescentou, "o Estado, em particular o Governo, como órgão superior da administração pública, tem de garantir que todos os seus serviços funcionam de acordo com a Constituição e com a lei, em particular os serviços mais sensíveis".

António José Seguro disse também que o Parlamento tem "instrumentos" para apurar a situação, que o deixou "preocupado". "Fiquei preocupado com mais um caso vindo a público e que fala dos Serviços de Informação. Não é o primeiro e têm-se revelado no passado recente outros casos", referiu.

No domingo, o primeiro-ministro Pedro Passos Coelho garantiu ser "falso" que o Governo tenha pedido informação aos serviços secretos acerca de Bernardo Bairrão, desmentindo uma notícia do semanário Expresso sobre a matéria.

Ricardo Costa, dircetor do Expresso, afirmou, no entanto, que o jornal "mantém tudo o que está na notícia", escrita com base numa investigação desenvolvida "ao longo de 15 dias".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG