Santana e Rio sem acordo para debates

Dada a "dificuldade em chegar a um acordo", Santana Lopes desafia Rio para três debates na televisão, um por cada canal (RTP, SIC e TVI)

"A um mês da realização das eleições diretas, Pedro Santana Lopes propõe que se realizem três debates nos três canais, por forma a não excluir nenhuma das televisões generalistas", disse hoje o candidato, num comunicado enviado às redações.

Segundo a mesma nota à imprensa, "o primeiro poderia realizar-se já na próxima semana, o segundo na semana seguinte - entre o Natal e o Ano Novo - e o último na primeira semana de janeiro". Assim, explica a candidatura de Santana, "seguir-se-ia o mesmo modelo que já foi adotado em anteriores eleições diretas no PPD/PSD e nas eleições primárias no PS".

No comunicado, sublinha-se que Pedro Santana Lopes "sempre esteve disponível para realizar debates" e aquando da apresentação da sua candidatura "defendeu que além dos debates que se viessem a realizar nos órgãos de comunicação social - as distritais que assim o entendessem pudessem organizar debates entre os dois candidatos junto dos militantes do PPD/PSD".

As eleições directas para escolha do próximo líder do PSD estão marcadas para 13 de janeiro. O congresso que escolherá os órgãos do partido decorrerá de 16 a 18 de fevereiro.

Mais Notícias