Salvo gato que "circulou a mais de 50 km/hora"

Na central da Companhia de Bombeiros Sapadores de Coimbra chegava o pedido insólito: era preciso salvar um gato que estava preso numa viatura, que parou junto à estação de Coimbra-B.

A condutora pediu socorro às 10.30 horas. Outros automobilistas, segundo fonte dos bombeiros, terão chamado a atenção da condutora, que não se apercebeu que tinha um animal, preso por uma trela, numa das rodas do seu carro. O gato "circulou a mais de 50 km/hora", aludiu a mesma fonte.

Dado o alerta, de imediato, os bombeiros comunicaram à PSP, tendo sido ainda acionado apoio técnico do canil municipal. Então, todos juntos (bombeiros, polícia e técnicos do canil) conseguiram desmontar a roda onde o gato estava preso.

A condutora, segundo fonte dos sapadores, começou a viagem na Pedrulha (um bairro na periferia da cidade), seguiu pelo IC2 (antiga estrada nacional 1), e saiu no acesso ao centro de Coimbra, pelo nó junto à estação ferroviária. O gato, esse, sofreu graves ferimentos.

Entretanto - mesmo com toda a preocupação da condutora e empenho dos bombeiros e polícia em salvar o gato - os responsáveis do gatil ponderavam abater o animal.

Mais Notícias