Rui Pereira disponível para apresentar relatório no Parlamento

O ministro da Administração Interna manifestou-se hoje disponível para comparecer na comissão parlamentar de Assuntos Constitucionais, para apresentar o relatório sobre os problemas ocorridos com o cartão do cidadão nas eleições presidenciais.

A disponibilidade de Rui Pereira em comparecer na comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias foi divulgada, em comunicado, pelo Ministério da Administração Interna.

No dia 25 de Janeiro, dois dias após as eleições presidenciais, o ministro afirmou perante a comissão parlamentar que o inquérito às dificuldades registadas no dia da eleição presidencial teria a duração de duas semanas, prazo que se conclui hoje.

O director-geral da Administração Interna, Paulo Machado, cuja demissão foi aceite por Rui Pereira, avançou, na altura, na comissão parlamentar, com uma explicação técnica para o sucedido no dia 23 de Janeiro afirmando que houve uma "sobrecarga de afluxos" aos sistemas de informação - portal do eleitor e serviço SMS - cerca das 13.20.

O CDS-PP anunciou hoje que vai pedir uma "reunião de emergência" da comissão de Assuntos Constitucionais para "intimar" o ministro da Administração Interna a apresentar aos deputados os resultados do inquérito aos problemas técnicos no processo eleitoral.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG