Reta final para os exames deixou centros de explicações cheios nas férias da Páscoa

Último período de aulas arranca amanhã e as duas últimas semanas de férias forma aproveitadas para intensificar treino para as provas finais, nos centros de estudo.

Quinta-feira, antes da Páscoa. Duas irmãs debruçam-se sobre os livros. Uma estuda Português e outra Matemática. Apesar das férias da escola e de o centro de explicações já estar vazio a esta hora, as duas aplicam-se e concentram-se em adaptar-se ao sistema de ensino português - vieram em janeiro de Angola - e a mais nova ainda tem de se preparar para os exames do 6.º ano. No centro de estudos Sei Que Sei, em Lisboa, as férias escolares foram de trabalho intenso. Um cenário que se multiplicou pelo país, com centros de explicações cheios. Até porque os primeiros exames do 4.º ano são já a 18 de maio e o terceiro período arranca amanhã.

Esta é "a última oportunidade de os alunos do básico treinarem para os exames em exclusivo. Depois começa a escola e já não dá, porque as provas são durante as aulas", justifica José Carlos Ramos, diretor dos centros Explicolândia. Por isso, os locais de estudo dedicaram estas semanas a treinar os alunos do 4.º e do 6.º anos para os exames de Português e Matemática.

"Ensinamos a preencher o cabeçalho do exame aos alunos do 4.º ano, preparamos as coisas como num exame para estarem à vontade com o tempo", aponta Sandra Romão, diretora-geral da Educação dos Ginásios Leonardo da Vinci, que também tem espaços em várias cidades de norte a sul.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG