Restabelecida circulação na Linha da Beira Alta

A circulação ferroviária da Linha da Beira Alta entre a Guarda e Vila Formoso foi restabelecida às 21:00 de hoje, disse à Lusa fonte da Refer -- Rede Ferroviária Nacional.

A ligação estava interrompida devido a um acidente, seguido de incêndio, que ocorreu às 15:34 junto da estação da Guarda, na Quinta das Bertas, numa passagem de nível sem guarda, num acesso rodoviário que faz a ligação entre a zona da Sequeira e a aldeia de Galegos.

Os bombeiros voluntários da Guarda não tiveram possibilidade de resgatar com vida as duas vítimas do choque entre um automóvel e um comboio de mercadorias.

Segundo o comandante dos Bombeiros Voluntários da Guarda, Paulo Sequeira, quando os elementos chegaram ao local do acidente já não tiveram "hipótese de fazer qualquer resgate atempado das vítimas ainda com vida".

O comandante explicou que tinha deflagrado um incêndio, que destruiu a viatura por completo e a frente da máquina da composição, e que as duas vítimas, com cerca de 30 anos, estavam encarceradas no seu interior.

"Foi o abalroamento de um veículo ligeiro comercial, onde se faziam transportar duas pessoas, por parte de uma composição ferroviária de mercadorias que transportava ferro", explicou.

O comboio era proveniente de Vilar Formoso e a viatura, de uma empresa de reparação de elevadores, foi arrastada durante cerca de 500 metros até junto da estação ferroviária.

O maquinista "saiu ileso, sem ferimentos aparentes" e recebeu tratamento psicológico no local, indicou Paulo Sequeira.

No local do acidente estiveram os Bombeiros Voluntários da Guarda, a Proteção Civil municipal, a Polícia de Segurança Pública e a Refer, segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro da Guarda.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG