Rajadas até 155km/h e ondas de 10 a 12 metros

Os grupos ocidental e central dos Açores poderão ter rajadas de vento até 155 quilómetros/hora e ondas de 10 a 12 metros de altura na quinta e na sexta-feira, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Está prevista para hoje a formação de uma "depressão" a noroeste do grupo ocidental (Flores e Corvo), que irá desenvolver-se "rapidamente" e progredir para nordeste nos próximos dias, o que deverá "afetar o norte da Península Ibérica, incluindo parte de Portugal continental", de acordo com um comunicado do IPMA.

Nesse sentido, as ilhas dos grupos ocidental e central (Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial) estão sob aviso vermelho na quinta e na sexta-feira, prevendo-se "ventos de sudoeste passando a noroeste entre 75 e 95 km/h [quilómetros/hora] de intensidade média com rajadas entre 120 e 155 km/h e ainda ondas do quadrante oeste com 10 a 12 metros de altura significativa", podendo algumas, eventualmente, atingir 20 a 25 metros de altura máxima.

A temperatura também deverá baixar de forma "acentuada" em todas as ilhas dos Açores, a partir da noite de quinta-feira, o que "poderá dar lugar a precipitação sob forma de granizo e/ou saraiva e até de neve nas ilhas com cotas superiores a 950 metros".

Contactado pela Lusa, o responsável de serviço da Proteção Civil nos Açores, Carlos Enes, revelou que os parceiros da Proteção Civil estão de "sobreaviso" e os bombeiros estão "em prevenção", face às condições meteorológicas previstas para os próximos dias. Carlos Enes relembrou alguns cuidados que a população deve ter perante este cenário, nomeadamente circular com precaução, sobretudo junto a zonas costeiras e ribeirinhas, bem como trancar portas e janelas e garantir que não existem estruturas soltas junto de casa.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG