Quase todo o país com risco muito alto de radiação

Quase todo o território português apresenta hoje risco "muito alto" de exposição à radiação ultravioleta (UV), de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em risco "muito alto" estão as regiões de Aveiro, Beja, Bragança, Braga, Castelo Branco, Coimbra, Évora, Faro, Guarda, Leiria, Lisboa, Penhas Douradas, Porto, Portalegre, Sagres, Santarém, Setúbal, Sines, Horta, Angra do Heroísmo e Ponta Delgada.

Com o nível "muito alto", o IPMA, na sua página na Internet, aconselha a utilização de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protetor solar, sublinhando igualmente que se deve evitar a exposição das crianças ao sol.

A radiação ultravioleta pode causar graves prejuízos para a saúde, se o nível exceder os limites de segurança, segundo o IPMA.

O índice desta radiação apresenta cinco níveis, entre o "baixo" e o "extremo".

O IPMA prevê para hoje céu pouco nublado ou limpo, apresentando-se muito nublado no litoral a norte do Cabo Raso até ao final da manhã, com ocorrência de períodos de chuva em geral fraca no Minho.

O vento vai soprar em geral fraco de noroeste, soprando moderado no litoral, em especial a sul do Cabo Carvoeiro e a partir da tarde.

Quanto às temperaturas, em Lisboa prevê-se uma máxima de 25 graus Celsius, no Porto 21, em Faro 29, Funchal 24 e Ponta Delgada, Santa Cruz das Flores e Angra do Heroísmo 22.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG