PSD e CDS pedem audição urgente para conhecer negócio

O PSD e o CDS vão pedir uma audição parlamentar urgente da secretária de Estado do Tesouro sobre o negócio da venda do BPN ao BIC, disse hoje à Lusa o líder parlamentar social-democrata, Luís Montenegro.

"Decidimos, o grupo parlamentar do PSD em articulação com o grupo parlamentar do CDS, requerer e promover a audição urgente da secretária de Estado do Tesouro, Maria Luísa Albuquerque, para, em nome do Governo, prestar esclarecimentos na Assembleia da República sobre a evolução do processo de privatização do BPN, o andamento do processo negocial e as decisões que o Governo tem tomado nesta matéria", afirmou Luís Montenegro.

O ministério das Finanças anunciou no domingo, último dia acordado com a 'troika' para a privatização do banco, ter vendido o BPN ao luso-angolano BIC por 40 milhões de euros.

No entanto, o PSD e o CDS querem conhecer os contornos do negócio porque "é preciso esclarecer, fundamentar e explicar bem as decisões do Governo, sejam elas quais forem", alegou Luís Montenegro.

O deputado acrescentou ainda que o facto dos dois partidos serem quem suporta "politicamente o Governo, não os exime de ser os primeiros a promover esse esclarecimento".

A audição urgente será pedida para quarta-feira de manhã, substituindo uma reunião da comissão de Orçamento e Finanças com o secretário de Estado dos Assuntos Fiscais.

"Vamos levar [a questão] à reunião de hoje da comissão de Orçamento e Finanças [que vai ouvir o ministro da Economia] e a nossa ideia é que esta audição possa fazer-se amanhã mesmo de manhã", referiu.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG