Professores de português contestam correção de pergunta

Associação de Professores de Português (APP) defendeu hoje estar errada a proposta de correção a uma pergunta de gramática do exame nacional de Português do 12.º ano, apresentada pelos autores da mesma.

O Instituto de Avaliação Educativa (IAVE), responsável pela elaboração das provas, considera que a resposta certa para a questão 2.3 do grupo II (gramática) é "ato ilocutório compromissivo".

No entanto, a APP está contra este entendimento. Em comunicado enviado aos jornalistas, a associação defende, depois de ouvir vários professores, que "a frase não aponta claramente para o ato ilocutório referido nos critérios por não expressar, de modo objetivo, " intenção de se comprometer a realizar uma determinada ação no futuro", de acordo com a definição científica associada a ato compromissivo".

Esta questão em causa vale 5 pontos, numa prova com o o valor total de 200 pontos, ou seja, 20 valores.

Ao DN o IAVE respondeu que "não confirma a existência de qualquer erro na Porva de Português".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG